Tendências do Marketing Digital

O Marketing Digital é uma disciplina muito recente, que depende dos vários avanços tecnológicos e das atualizações que as plataformas que o apoiam vão sofrendo. Por se encontrar em constante evolução, requer a total adaptabilidade dos seus profissionais para garantir melhores resultados na estratégia digital das marcas.
As redes sociais já se assumem como os canais preferidos das empresas portuguesas para dar os primeiros passos na abordagem digital aos seus públicos.
Dado este primeiro passo é importante entender que os resultados não são imediatos; é fundamental construir uma estratégia pensada para as várias plataformas que garanta uma coerência com os valores da marca.

Aquelas que são as regras para uma boa estratégia de marketing digital dependem, no entanto, de dicas e especificidades estabelecidas como tendências para um determinado período.

Para se conseguir obter sucesso no digital em 2019, as empresas têm de conseguir gerar tráfego qualificado para o seu website ou landing pages e apostar em campanhas patrocinadas (Facebook e Google Ads) sem esquecer a otimização dos motores de buscar através do SEO. O principal objetivo deverá ser a obtenção de visitas e a capacidade de as converter em leads. É importante levar o visitante a deixar os seus dados para depois iniciar a comunicação e efetivar a compra. Isto só será possível, se houver uma partilha de conteúdo relevante para o público, capaz de o fazer sentir que a marca acrescenta algum tipo de valor.

Search Engine Optimization & Web Analytics

Esta é uma das principais ferramentas que permite otimizar a visibilidade nos resultados orgânicos de diferentes motores de pesquisa e assim conseguir um melhor posicionamento na web. Para este ano a tendência será uma compreensão mais profunda do seu funcionamento e um foco maior nas suas vantagens, com especial destaque para a otimização das versões mobile dos websites. Também o Web Analytics faz parte das técnicas de campanha SEO, cujo objetivo é obter uma reação positiva nos resultados de busca através do acompanhamento e análise de toda a informação e estatísticas, dando feedback se de facto a estratégia está a ser bem concretizada.

B2B ou B2C

A tendência atual é B2Human e não B2C nem B2B como estamos habituados. A necessidade de valorizar os stakeholders e humanizar a relação das marcas com os mesmos ganha uma nova dimensão em 2019. Os diversos públicos possuem cada vez mais um enorme poder de decisão e encontram-se bastante informados e atualizados. Quando apostamos um conteúdo, ainda que produzido especificamente para B2B, necessitamos de compreender que é um Humano que o vai consumir.

Devido a este poder atual dos consumidores é de esperar que o processo de compra se altere e aqui será necessário mudar a forma como se vende. Por esse motivo, o Linkedin será cada vez mais valorizado pelas empresas para o social selling principalmente B2B.

Marketing Interno

Esta é outra das tendências para este ano, sendo ela bastante valiosa para as empresas. O marketing interno diz respeito à reputação de uma empresa enquanto espaço de trabalho e ao sentimento dos colaboradores em relação à mesma. Este aspeto, aparentemente irrelevante, é muito importante para o público, já que a opinião de quem conhece uma marca ou negócio por dentro, afigura-se mais verdadeira do que aquela que a empresa constrói à sua volta. Aumentar o nível de felicidade dos colaboradores, manter uma cultura forte e coerente e incentivar a sua partilha nos meios digitais é essencial.

E-Commerce

Neste parâmetro, continuará a existir um aumento significativo do volume de negócios e-commerce em Portugal. Devido à falta de oferta de retalho e-commerce no mercado português, a maioria das compras efetuadas por clientes do nosso país acontece em plataformas estrangeiras. Esta informação reforça a necessidade de apostar em boas plataformas e-commerce, onde seja fácil e cómodo para o consumidor efetuar as suas compras, não esquecendo a humanização e a personalização da experiência do utilizador.

Vídeo Marketing & Live Streaming

Atualmente, a valorização de uma marca passa imperativamente por conteúdo audiovisual. O vídeo constitui uma poderosa forma de marketing digital, impulsionando campanhas online. Ele permite, de forma mais rápida e eficaz, mostrar os nossos produtos/serviços. Com a nova realidade das redes sociais, a possibilidade de partilhar conteúdo audiovisual em tempo real traz às marcas a capacidade de potenciar a conexão emocional com o público. Transmitir vídeos em direto promove a humanização da marca, aumenta a sua transparência e mostra espontaneidade. Associar cupões, códigos de desconto ou links aos vídeos transmitidos em direto é fulcral para medir e compreender o sucesso da ação.

Social Media Advertising

O youtube ganhará um posicionamento mais premium devido ao facto de deter mais audiências que os mass media tradicionais e ser visto como um canal de criação de tendências onde não é necessário existir um grande orçamento. Através de banners da rede display do Google é possível criar anúncios em canais cujo conteúdo é relevante para o público que quero atingir. O formato “stories” ganhará relevância e a existência de anúncios na IGTV será uma mais-valia para o social selling no Instagram e Facebook.
A publicidade no whatsapp ganhará importância através do lançamento do “whatsapp business” que permite campanhas segmentadas.

Segurança Online

Existirão cada vez mais barreiras de segurança no mundo digital, quer ao nível dos mecanismos de proteção e transparência das redes sociais, quer na encriptação de e-mails. Prevê-se um aumento do rigor da informação, com a denúncia de fake news e a utilização do scan gratuito de segurança nos sites. Isto obrigará as empresas a manterem os seus profissionais informados.

Estas e outras tendências obrigam as empresas a estar atentas e a evoluir na abordagem que fazem ao mundo digital. Precisa de ajuda profissional para desenhar a sua estratégia digital para este ano? Contacte-nos! A nossa equipa é VOSSA!

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.